28 de jan de 2009

BICICLETADA DE JANEIRO 2009

Desejos de ciclista : Alguns ciclistas querem ciclovias e ciclofaixas para pedalar em segurança....


Uns querem usar a bike para ir ao trabalho,não importando o "uniforme" que usa na empresa...


Outros mais radicais,querem só usar a bike e se livrar do carro....


E outros ainda querem usar a bike e ainda ter o carro,mas "economizar" espaço nas ruas que são usados pelos carros....

Não importa o motivo....O lance é participar da :


Não importa sua idade,peso,bike,estilo,sexo,cor,religião,time de futebol,marca de cerveja preferida,etc....




Tb não importa se vc usa a bike pra lazer,pra trabalhar,pra levar carga,pra competir,pra fazer exercício,se prefere terra ou asfalto,etc...




O que importa é vc ser um ciclista consciente e tb participar da 5ª Bicicletada de SJC em Janeiro,que será realizada no dia 30/01,Sexta-Feira às 20:00hs (procure chegar um pouco antes),saindo da Pça de São Dimas...




Se quiser ver alguns posts anteriores sobre a Bicicletada de SJC,clica aqui :













O roteiro a galera decide na hora,mas com a certeza que estamos buscando espaço e respeito (principalmente de motoristas) para os bikers circularem com segurança nas ruas de SJC...



A gente se vê lá...



Abs.

27 de jan de 2009

VII TRIP BIKE - SJC - SFX

Como praticamente todo mundo já sabe,domingão agora,dia 01 de Fevereiro,todos os bikers de SJC reunidos para o passeio anual para SFX...

Pela primeira vez,vou participar do Trip Bike e vamos ver se dessa vez eu subo o Morro da Casinha...http://bikeblogsjc.blogspot.com/2008/11/so-francisco-xavier-65km-231108.html

A saída será às 07:30 da madruga da rotatória do Urbanova e a chegada prevista em São Chico ao Meio-dia e meio....

Tb tem uma inscrição de R$5,00 para dar uma força nas frutas,água e serviço de apoio e resgate...

Mais informações,acesse www.capimcompoeira.blogspot.com ou entre em contato com as lojas de bike de SJC....

Domingo a gente se vê lá e no decorrer da semana que vem,as fotos estarão aqui no Blog...

Abs.

26 de jan de 2009

Vila Cândida Noturno- Estrada Monteiro Lobato - 45KM - 22/01/09

Pedal Noturno muito louco....

Uns 40 bikers animados na ida e realizados na volta....Muito legal mesmo...

Corrente quebrada de um,pneus furados de muitos,muita lama e um pouco de cansaço....Mas que é muito bom é....

E teve uns dois que voltaram no carro que chegou na ultima hora,nem iria ter esse carro...Com certeza esses dois agradeceram e muito o motorista...

Fora que quando eu estava na descida e com farol acesso,passa um cara mais sem noção ainda, muito rápido e totalmente "apagado"...esse teve atitude mesmo...hhhhhhh



A mulher do cara vai reclamar dessa bermuda "freada".....



Abs.

25 de jan de 2009

Leis e afins.....

"Se um ciclista quer ser respeitado pelo pedestre e pelo motorista, ele deve agir como um veículo sério, seguindo as normas de trânsito, usando os equipamentos de segurança e pilotando de maneira previsível e defensiva."

Aproveitando a proximidade da bicicletada,Sexta-Feira 30 de Janeiro.20:00hs na Pça de São Dimas....


Tem gente que não gosta de Leis......outros não gostam de Ler.....outros ainda não gostam de Leis e nem de Ler....

Mas é interessante todo mundo "Ler as Leis" pra saber sobre os direitos e deveres do ciclista e das punições para motoristas em caso de desobediência das mesmas....

Já que desejamos um "mundo novo" para o ciclismo*,temos que nos "armar" de vários modos,ok...

* Quando digo ciclismo,pra mim isso não envolve somente a parte esportiva e de competições,mas tb a parte de lazer,trabalho,transporte,etc....

Já tem um post sobre isso de Setembro de 2008,com mais Leis....

http://bikeblogsjc.blogspot.com/2008/09/cdigo-de-trnsito-brasileiro-e.html

A Lei abaixo é de 1997 (http://www.abraciclo.com.br/):

LEI Nª 9.503, DE 23 DE SETEMBRO DE 1997

CAPÍTULO II
DO SISTEMA NACIONAL DE TRÂNSITO


Seção I
Disposições Gerais

Art. 24. Compete aos órgãos e entidades executivos de trânsito dos Municípios, no âmbito de sua circunscrição:
II - planejar, projetar, regulamentar e operar o trânsito de veículos, de pedestres e de animais, e promover o desenvolvimento da circulação e da segurança de ciclistas
XVII - registrar e licenciar, na forma da legislação, ciclomotores, veículos de tração e propulsão humana e de tração animal, fiscalizando, autuando, aplicando penalidades e arrecadando multas decorrentes de infrações;

XVIII - conceder autorização para conduzir veículos de propulsão humana e de tração animal;

CAPÍTULO III
DAS NORMAS GERAIS DE CIRCULAÇÃO E CONDUTA

Art. 29. O trânsito de veículos nas vias terrestres abertas à circulação obedecerá às seguintes normas:
XII - os veículos que se deslocam sobre trilhos terão preferência de passagem sobre os demais, respeitadas as normas de circulação.

§ 2º Respeitadas as normas de circulação e conduta estabelecidas neste artigo, em ordem decrescente, os veículos de maior porte serão sempre responsáveis pela segurança dos menores, os motorizados pelos não motorizados e, juntos, pela incolumidade dos pedestres.

Art. 54. Os condutores de motocicletas, motonetas e ciclomotores só poderão circular nas vias:

I - utilizando capacete de segurança, com viseira ou óculos protetores;
II - segurando o guidom com as duas mãos;
III - usando vestuário de proteção, de acordo com as especificações do CONTRAN.

Art. 58. Nas vias urbanas e nas rurais de pista dupla, a circulação de bicicletas deverá ocorrer, quando não houver ciclovia, ciclofaixa, ou acostamento, ou quando não for possível a utilização destes, nos bordos da pista de rolamento, no mesmo sentido de circulação regulamentado para a via, com preferência sobre os veículos automotores.

Parágrafo único. A autoridade de trânsito com circunscrição sobre a via poderá autorizar a circulação de bicicletas no sentido contrário ao fluxo dos veículos automotores, desde que dotado o trecho com ciclofaixa.


Art. 59. Desde que autorizado e devidamente sinalizado pelo órgão ou entidade com circunscrição sobre a via, será permitida a circulação de bicicletas nos passeios.


CAPÍTULO IV
DOS PEDESTRES E CONDUTORES DE VEÍCULOS NÃO MOTORIZADOS

Art. 68. É assegurada ao pedestre a utilização dos passeios ou passagens apropriadas das vias urbanas e dos acostamentos das vias rurais para circulação, podendo a autoridade competente permitir a utilização de parte da calçada para outros fins, desde que não seja prejudicial ao fluxo de pedestres.

§ 1º O ciclista desmontado empurrando a bicicleta equipara-se ao pedestre em direitos e deveres




CAPÍTULO V

DO CIDADÃO

Art. 105. São equipamentos obrigatórios dos veículos, entre outros a serem estabelecidos pelo CONTRAN:

VI - para as bicicletas, a campainha, sinalização noturna dianteira, traseira, lateral e nos pedais, e espelho retrovisor do lado esquerdo.

Art. 201. Deixar de guardar a distância lateral de um metro e cinqüenta centímetros ao passar ou ultrapassar bicicleta:
Infração - média;
Penalidade - multa.

Art. 220. Deixar de reduzir a velocidade do veículo de forma compatível com a segurança do trânsito:
XIII - ao ultrapassar ciclista:
Infração - grave;
Penalidade - multa;

Art. 255. Conduzir bicicleta em passeios onde não seja permitida a circulação desta, ou de forma agressiva, em desacordo com o disposto no parágrafo único do art. 59:

Infração - média;
Penalidade - multa;
Medida administrativa - remoção da bicicleta, mediante recibo para o
pagamento da multa.

ANEXO I
DOS CONCEITOS E DEFINIÇÕES

Para efeito deste código adotam-se as seguintes definições:
BICICLETA – veículo de propulsão humana, dotado de duas rodas, não sendo, para efeito deste Código, similar à motocicleta, motoneta e ciclomotor.

BICICLETÁRIO – local , na via ou fora dela, destinado ao estacionamento de bicicletas.

CICLO – veículo de pelo menos duas rodas a propulsão humana.

CICLOFAIXA – parte da pista de rolamento destinada à circulação exclusiva de ciclos, delimitada por sinalização específica.

CICLOVIA - pista própria destinada á circulação de ciclos, separada fisicamente do tráfego comum .




E essa Resolução é de 1998 (http://www.abraciclo.com.br/) :

RESOLUÇÃO Nº 46, DE 21 DE MAIO DE 1998


Estabelece os equipamentos de segurança obrigatórios para as bicicletas conforme disciplina
o art. 105, VI do Código de Trânsito Brasileiro e art. 5° da Resolução 14/98.

O CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO - CONTRAN, usando da competência que lhe
confere o art. 12, inciso I, da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que instituiu o Código de Trânsito
Brasileiro - CTB, e conforme o Decreto nº 2.327, de 23 de setembro de 1997, que trata da coordenação
do Sistema Nacional de Trânsito, resolve:


Art. 1º As bicicletas com aro superior a vinte deverão ser dotadas dos seguintes equipamentos obrigatórios:
I - espelho retrovisor do lado esquerdo, acoplado ao guidom e sem haste de sustentação;
II - campainha, entendido como tal o dispositivo sonoro mecânico, eletromecânico, elétrico, ou
pneumático, capaz de identificar uma bicicleta em movimento;
III - sinalização noturna, composta de retrorefletores, com alcance mínimo de visibilidade de trinta
metros, com a parte prismática protegida contra a ação das intempéries, nos seguintes locais:
a) na dianteira, nas cores branca ou amarela;
b) na traseira na cor vermelha;
c) nas laterais e nos pedais de qualquer cor.


Art. 2º Estão dispensadas do espelho retrovisor e da campainha as bicicletas destinadas à prática de
esportes, quando em competição dos seguintes tipos:
I - mountain bike (ciclismo de montanha);
II - down hill (descida de montanha);
III - free style (competição estilo livre);
IV - competição olímpica e panamericana;
V - competição em avenida, estrada e velódromo;
VI - outros.


Art. 3º Esses equipamentos obrigatórios serão exigidos a partir de 01 de janeiro de 2000.


Art. 4º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

RENAN CALHEIROS
Ministério da Justiça
ELISEU PADILHA
Ministério dos Transportes
LINDOLPHO DE CARVALHO DIAS - Suplente
Ministério da Ciência e Tecnologia
ZENILDO GONZAGA ZOROASTRO DE LUCENA
Ministério do Exército
LUCIANO OLIVA PATRÍCIO - Suplente
Ministério da Educação e do Desporto
GUSTAVO KRAUSE
Ministério do Meio Ambiente, Recursos Hídricos e da Amazônia Legal
BARJAS NEGRI - Suplente
Ministério da Saúde

Abs.

21 de jan de 2009

OGRO ZUMBI JANEIRO 2009

Como diria o Faustão : "quem sabe faz ao vivo"....
E se vc sabe fazer,participe desse pedal.....
O Ramon,que pediu pra divulgar o rolê,fala que é nível médio....O Fabinho diz que é nível "pra gente grande"...
De qualquer forma,as informações estão abaixo....É só ir e se divertir....E falar pra gente se é foda mesmo....ou não....


Nesta sexta feira 23 de janeiro de 2009 às 18:43,haverá o pedal mais esperado do mês!

SFX MTB OGRO ZOOMBI *** O Despertar da Destruição ***


Lançamento do Circuito Brasileiro de pedais Ogros de 2009.

Ponto de encontro e local da lar... saída:REPÚBLICA DO MALUCO
Praça Florípes Bicudo Martins nº 71 (maconhão)

INFORMAÇÕES GERAIS:O pedal de 55km segue o tradicional percurso de ida do já consagrado passeio para SFX,que acontece anualmente no ultimo fim de semana de janeiro.

A saída é pelo condomínio Esplanada do Sol, passando pela pinguelinha, linha do trem, e estrada da represa às margens do Jaguari. Em seguida passa-se pelas estradas do bairro Bom Sucesso, estrada do Turvo, Roncador e para finalizar com chave de ouro a subida da casinha. O visual é maravilhoso, pena que não vai dar pra ver muita coisa à noite.

Para viabilizar a Van de resgate é importante a colaboração dos interessados entrando em contato previamente. Mas fica a critério de cada um optar pela Van ou resgate particular.

Como é de costume, ao final do passeio os bikers se reúnem para um jantar no restaurante Recanto de Mineiro em SFX.Sendo assim, os interessados devem também se manifestar para que o restaurante se programe. Para quem optar pela Van,reserve 20,00 para o resgate mais 8,00 para o jantar e mais algum dinheiro para bebidas. Estima-se o custo final do passeio em 35,00 a 40,00.

IMPORTANTE: Não há apoio oficial. Não há nenhum responsável pelo passeio, portanto, colabore para não estragar a diversão das outras pessoas.Leve a bike com manutenção em dia, equipamentos de segurança de “uso obrigatório”, alimentação. E o mais importante: se alguém quebrar ou se machucar do seu lado, pare e ofereça ajuda!

NÍVEL DE DIFICULDADE: MÉDIO.

Apesar de ter um morro bem grande, a subida da casinha, o resto do percurso não é tão exigente e os 55 km podem ser feitos por pessoas com algum prepara físico. Entretanto esse pedal não é recomendado para sedentários ou bikers menos experientes.

O tempo para completar o trajeto varia de 3 a 4 horas. Portanto, tem parceiro para todos os níveis!

Nota importante: o nível de dificuldade é médio mesmo, pessoas de todo tipo de condicionamento já foram com os ogronizadores sem nenhum problema. Mas existe gente por aí que continuam insistindo que o passeio é difícil, portanto antes de tirar suas conclusões, procure saber com quem realmente já foi.

EQUIPAMENTOS MÍNIMOS DE SEGURANÇA:- Capacete;- Luvas;- óculos (transparente obviamente);- sistema de Iluminação com autonomia mínima para 3:30 horas;- agasalho adequado (fique atento a previsão do tempo para o dia).

Dicas de segurança:Procure não exceder os seus próprios limites;Procure alguém do seu nível que saiba o percurso, para evitar se perder.

Não tente descer na frente do Fabinho; - **IMPORTANTE**

Dicas de alimentação e saúde:Leve algo para comer durante o percusso;Leve a quantidade de água ou isotônico suficiente.

Evite subir os morros na frente do Rodrigo Jean (“a elite”); - ** MUITO IMPORTANTE**

IMPORTANTE: Não se esqueça de levar câmara de ar, kit de reparo para furos, bomba e kit de ferramentas.

Contatos:

Fábio: (12) 9177-7931
Ramon: (12) 9147-7430
Giulliano Gava: (12) 9179-9987

Abs.

20 de jan de 2009

VOLTA DO "QUEIJO" - 65 KM - 18/01/09

O nome do rolê é diferente,mas não foi assim tão fácil não....rsrsrrs
O que matou uma boa parte do pessoal foi o sol,o calor forte e a água acabando.....Mas o dia estava muito bom como vcs podem ver pelas fotos….
O trecho é bem legal pra pedalar e a galera andou bem,mesmo no calor…..
E pra "zuar" de vez o dia dos marmanjos,o "troféu biker do dia" foi pra Lúcia,única representante do sexo feminino e que deixou quase todo mundo pra trás….(ela tá no meio da foto,de camisa laranja e óculos).....

Se o Emerson não fosse noivo,eu teria certeza que ele iria dar um xaveco no Henrique Japônes…Olha que pose mais meiga.....rsrsrsrsrs

E aquele carro no fundo,acredite se quiser,mas tinha uma garota dormindo no banco da frente,e quando a gente passou pelo carro já era umas 9 horas…Bateram no vidro pra saber se ela estava bem, e o susto dela foi tão grande que era melhor ter deixado dormindo mesmo….rsrsrsrsrs…É,a manguaça foi forte na noite passada…kkkk






Indo pela estrada do Luso,passando a divisa com Caçapava,vc pega à esquerda a Estrada do Teixerinha/Fazenda 2 Irmãos e vai embora sem olhar pra trás…As fotos acima são do "topo" dessa estrada….
Dá pra ver a Petrobrás,a GM,a cidade de SJC praticamente inteira e uma parte de Caçapava...


Chegando na Rod. Monteiro Lobato,vai pra esquerda (voltando pra SJC) e vc vai chegar nesse buteco da foto (daí o nome do rolê),compre água pq vai precisar….
Voltando no asfalto,mais na frente tem um outro butequinho com uma estrada de terra bem de frente (isso do lado esquerdo da Rodovia)….
Pega essa estrada de terra,tem uma subida "boa pra animar" e seguindo algumas placas lá na frente e/ou perguntando,vc vai sair na Vila Cândida (Zona Norte de SJC)
Pronto,é só ir pra casa agora…

Essa é a subida do caminho de volta…Empurra que uma hora chega….
E não esqueça : dia 30/01 - Bicicletada de SJC - 20:00hs - Pça. de São Dimas....

Abs.

16 de jan de 2009

"Mais um Luto" (do Blog da Soninha)

Infelizmente continuando o post anterior da ciclista morta em SP....

Esse texto tirei do Blog da Soninha blogdasoninha.folha.blog.uol.com.br

Sim,é ela mesmo que concorreu a vaga de Prefeita da cidade de São Paulo,e que inclusive apóia a bicicleta como meio de transporte....

É um texto um pouco longo,mas leiam que não irão se arrepender....


14/01/2009

Mais um luto

Justo hoje, um amigo mandou o link desta matéria exibida na Globo...
Por que "justo hoje"?


Porque morreu uma ciclista na Paulista, atropelada por um ônibus. Tinha a minha idade. Assim que me contaram, imaginei que era alguém que eu conhecia, mas a notícia não trazia o nome - aliás, falava mais dos efeitos no trânsito do que do fato de haver uma pessoa sem vida no asfalto.

Não deu outra - logo depois, disseram que era da Bicicletada, tinha assinado o Manifesto dos Invisíveis...

Algumas reações, como não é raro acontecer, foram do tipo "também, o que ela estava fazendo ali?"Estava, vejam só, se locomovendo em um veículo não motorizado. Que absurdo, não?

Um veículo que ocupa muito menos espaço, não faz barulho, não queima combustíveis fósseis nem biodiesel nem etanol. Que tem um poder letal milhares de vezes menor que o de um automóvel (que mata por atropelamento, colisão, pela fumaça do escapamento, por estresse). Um veículo antigo, muito indicado para os problemas de espaço, sedentarismo e isolamento do mundo moderno. Ah, sim, e como maneira simplíssima e eficaz de reduzir as emissões de carbono e ajudar a amenizar os efeitos terríveis do aquecimento global.

A bicicleta não é um meio de locomoção excêntrico, "radical". Eu não sou atleta e pedalo por aí, vencendo pequenas distâncias. Não é coisa de jovens malucos e irresponsáveis. É o veículo de pedreiros, garçons, porteiros, seguranças, muitos estudantes e alguns professores. E está contemplada no Código Brasileiro de Trânsito, que diz que ela pode - deve - circular no leito carroçável. E como é muito frágil, como tem uma pessoa em cima dela sem muito anteparo e a comparação/competição com uma lata de muitas toneladas se deslocando a 16 metros por segundo, mil por minuto, sessenta por hora lhe é bastante desfavorável, a norma legal prevê que uns mantenham distância razoável dos outros - isto é, um metro e meio.

Mas aquelas pegadinhas bestas que fazem no teste para condutores de automóveis nunca perguntam essas coisas. E a gente anda por aí e ouve motorista gritar: "Vai pra calçada!". E precisa ficar esperto porque mesmo com o trânsito parado, mesmo com o carro lerdo ou parado no caminho da bicicleta e não o contrário, tem carro que se atira pra cima da bicicleta como a orca sobre as focas, simplesmente por raiva, implicância, impaciência (a orca tem fome, é seu destino).

(Um amigo meu perguntou, certa vez, para um motorista que o atacou com o carro: "Você é louco, você não pensa que podia ter me matado?". Resposta: "Sai daqui! Vocês riscam o meu carro, sai daqui!").

Ai, tá bom, tem ciclista louco, tem ciclista que não respeita ninguém, que ameaça os pedestres, que se comporta irresponsavelmente, perigosamente. Mas será que não devemos reconhecer que tem mais ciclista que morre com a bicicleta do que ciclista que mata com ela? O motorista do ônibus foi inacreditavelmente frio em seu depoimento (caso tenha sido bem reproduzido na matéria do Globo). "Tenho a consciência tranqüila. Lamento muito a morte de uma pessoa, mas sei que eu não tive culpa".

Pode até ser negação diante do choque, mas tenho sérias dúvidas. Ele conta que a ciclista estava no meio da faixa, ele avançou para a segunda faixa para ultrapassá-la. Quando retornava para a faixa da direita, ouviu o barulho e parou.
Digamos que ele tenha sido muito prudente, cuidadoso, consciente. Que não tenha jogado o ônibus de um lado para o outro abrupta e violentamente. Então foi muito, muito barbeiro. Ele não foi capaz de calcular a distância necessária para ultrapassar uma bicicleta. Ele voltou o carro pra pista muito antes do que deveria, e acertou em cheio a ciclista. É um erro tolerável?

Alguém que conduz dezenas de pessoas por aí pode ter essa noção tão errada do tamanho, peso e velocidade do veículo.E tem outra coisa: quando uma pessoa "normal" (meu conceito de normal) se envolve na morte de alguém, mesmo que seja totalmente por acaso, sem nenhuma intenção, sem a mais remota responsabilidade, essa pessoa se sente muito mal. O jornaleiro que vendeu uma revista pra ela cinco minutos antes pensa "Por que eu não demorei mais para entregar o troco?". O namorado se pergunta "Por que eu não insisti pra ela tomar mais um suco?". O passageiro do ônibus se tortura: "Por que eu não gritei antes?".
Minha amiga Quitéria, a famosa Quitéria de vários dramas, uma vez estava em um microônibus que atropelou um idoso. Entrou em choque, me ligou chorando convulsivamente: "Eu vi, eu vi o velhinho atravessando, ele também viu, ele jogou de maldade, de maldade. Por que eu não gritei? Por que ninguém fez nada? O motorista não ficou nem aí, te juro. Ele nem ligou. Ele matou o velhinho".

Ano passado eu estava na 9 de julho no momento em que tinha acabado de acontecer um atropelamento no corredor de ônibus. Os passageiros ainda desciam. O motorista, eu via do outro lado da avenida, se desesperava sobre o volante. Chorava tanto que os ombros chacoalhavam. Se ele teve culpa? Talvez não! Mas ele tinha acabado de matar alguém, e sua vida acabou um pouco ali também.

Como pode, tanta maldade, tanta desconsideração, tanta indiferença? Pode alguém ficar "tranqüilo", "eu sei que não tive culpa"? A gente sente culpa até quando não tem!
A cidade precisa de condições melhores para as bicicletas (embora alguns ainda defendam bani-las, proibi-las, confiná-las aos parques, velódromos, quem sabe eternamente aos ganchos nas garagens dos edifícios). Precisa de ciclovias onde isso é indicado, necessário e viável; em outros lugares, de faixas assinaladas no solo ou apenas de rotas sinalizadas. Mas precisa mais do que tudo de noção de humanidade. Da nossa dimensão, da nossa fragilidade. Atrás de um volante, em cima de uma moto ou de uma bicicleta, andando a pé ou de skate, são pessoas que estão ali. PESSOAS. Com pessoas, a gente precisa ter muito cuidado. Pessoas quebram, machucam, sofrem, fazem falta.

Uma vez, um guarda parou uma picape que ia pela estrada a uns 150 por hora. Foi autuar o motorista e viu que, no banco de trás, havia uma criança dormindo. Sarcasticamente, disse que talvez nem o multasse - se ele não se importava com o filho, não tinha mais o que fazer com ele. E acrescentou: "Se você estivesse dirigindo com uma televisão sobre o assento, tomaria o maior cuidado para ela não tombar. Mas como é só uma criança...".

Quem sabe devêssemos fazer um laboratório. Um dia, sair dirigindo com alguma coisa "preciosa" no banco do carro ou do ônibus: uma TV de plasma, um computador, um aparelho de som invocado. E depois disséssemos aos motoristas: "Da próxima vez que você sair por aí com pessoas no carro, finge que elas são esses objetos".

Abs.


15 de jan de 2009

Triste realidade....

Aconteceu ontem em SP,e infelizmente todos nós estamos sujeitos a isso....

A Mila (nossa amiga de SP que participa ativamente da Bicicletada) mandou esse mail abaixo....


De: Mila Molina mila.molina@gmail.com

Para: bicicletadasjc@googlegroups.comCc: Ramiro Júnior ; Henrique Felcar ; Emerson Lemes ( Day Brasil ) ; Capim com Poeira capimcompoeira@gmail.com

Enviadas: Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009 11:09:01

Assunto: um dia triste para os ciclistas

Pessoal,
Estou acompanhando os emails, parabéns pela mobilização.
Tenho uma notícia triste para dar, que alguns de vcs devem já estar sabendo.
Ontem uma amiga nossa, Márcia, da bicicletada de SP foi morta por um ônibus, na Avenida Paulista.


Estamos todos em luto, mas mobilizados por aqui. Estivemos ontem no local do acidente, fechamos 3 faixas da avenida paulista, a noite, com chuva, para entregar flores aos motoristas que passavam e pedir mais respeito aos ciclistas no transito.

Fizemos uma homenagem ontem. Hoje haverá outro evento na praça do ciclista, com os familiares dela, na sexta será a bicicletada de protesto.

Se alguém daí puder vir pra cá e dar uma força... seria bacana.

Ou mesmo se lembrassem desse episódio muito triste na bicicletada de sjc...

Abraços tristes,

Mila Molina.

Quem quiser saber mais sobre essa fatalidade,acesse : http://www.ciclobr.com.br/ e http://www.bicicletada.org/

Não vamos desanimar,dia 30/01 vamos pra bicicletada...

Abs.

Atualização (13:15hs): vejam esses links tb,dos jornais O Estado de SP e Folha de SP.

http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,ciclistas-vao-fazer-dois-atos-em-protesto-a-morte-no-transito,307687,0.htm

http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u490405.shtml


Vídeo : http://www1.folha.uol.com.br/folha/videocasts/ult10038u490671.shtml

Adesivos para a Bicicleta....

Aproveitando o assunto "Bicicletada de Janeiro",segue um "material gráfico" interessante que achei na internet....
Explicações sobre esse post lá embaixo,mas esse "adesivo" acima achei no site da revista Bike Action http://www.revistabikeaction.com.br/












Essas outras "imagens" de adesivos,achei no site da revista "Vida Simples"....Como vcs viram,estão em dois formatos diferentes,ao "gosto do freguês".....
Quem quiser,imprima ou mande fazer um adesivo mesmo e distribua por aí...pode ser no seu trabalho,escola,faculdade,prédio,na sua rua,supermercado,hospital,loja de bike,etc....
Cole os adesivos na Bike,carro,janela,mochila,etc....onde vc imaginar.....
Vamos divulgar a BIKE como um meio de transporte saudável,limpo,não-poluente,não barulhento,econômico e barato (Isso pra citar apenas algumas vantagens....).

O link da revista que vai direto na matéria sobre bike é esse aqui : http://vidasimples.abril.com.br/edicoes/070/grandes_temas/indexbike.shtml

Abs...

Bicicletada Janeiro - Parte 1

Como não vou ganhar o iPhone mesmo (apesar que a diferença de votos para o 1º colocado é muito "pequena"...rsrsrsrs),mas valeu pelos votos pessoal......

Agora vamos falar de coisa séria....

Dia 30 de Janeiro,Pça São Dimas,20:00hs - Todo mundo já sabe do compromisso....

Essa Bicicletada vai estar cheia de pessoas espertas e inteligentes como vc.....

E claro vamos fazer barulho : leve apito,cartazes,buzina,o que achar interessante pra chamar a atenção das pessoas.....Vamos participar e tb divulgar....

Mas lembre-se : Todos nós queremos o respeito dos veículos motorizados,então nada de ofensas e vamos respeitar tb as leis de trânsito,ok.....

A gente se vê lá.....

*** Vou postar algumas coisas relativas a leis de trânsito com refêrencia as bikes em breve...fica ligado...

Abs.

14 de jan de 2009

iPhone pro Blog.....

Amigos….

Vcs me ajudam a ganhar um iPhone na promoção da Gamaia??????

É só clicar vááááááááárias vezes ao dia durante vááááááários dias no botão "votar" no link abaixo…..

Aí a qualidade de fotos no blog melhora e começo a colocar vídeos tb.....bacana né....rsrsrsrs

Depois eu deixo todo mundo escutar uma musiquinha …blz….hhhhhhhh

Valeu...

Piadinhas de Bike....

Só pra relaxar e divertir um pouco....Primeiramente essa bike para competições de alto nível....A vantagem é que vc não precisa levar bomba e nem câmara reserva.....Vc só vai gastar uma puta grana em loja de sapato......rsrsrsrsrs

E abaixo,algumas tirinhas vindas diretamente do site do cartunista Laerte : http://laerte.com.br/

Trabalho e Moradia....

Cerol...

TransBike....


Abs...

12 de jan de 2009

PNEU SLICK NA REPRESA - 11/01/09 - 55KM

Cada rolê,uma coisa diferente......

Henrique e Mila (ela mora em SP e tá sempre na Bicicletada de lá) me mandaram um mail pra gente fazer um pedal pra represa no domingo etc....Como iria pra lá mesmo com os amigos da Pedalac,vamos juntar todo mundo...

Acabou não dando muito certo, pq o combinado era ir pelo single da linha do trem,mas a chuva mudou um pouco os planos do pessoal pq iria ter muita lama,etc...

Eles resolveram ir por Santana até o Jaguari e como eu já tinha combinado com o Henrique e a Mila da gente se encontrar na JMacedo,fui pelo single mesmo....

Muita lama???? Claro que sim,mas muito mais legal andar desse jeito afinal de contas a parada é MTB,certo.....

Cheguei na JMacedo e os dois já estavam esperando,e aí que a gente viu como iria ser o passeio,rsrsrsrsrs

Como vcs podem perceber a bike da Mila tem pneu slick,bagageiro e garfo rígido,perfeita pra andar no asfalto em SP,mas pra terra e lama.....Vcs já imaginam né.....rsrsrsrsrs

Uns probleminhas no freio da bike dela,o cansaço normal pq não está com uma bike,digamos,adequada para tal aventura,mas no final deu td certo...

E tb eu e o Henrique concordamos que a Mila foi Ninja de ir pra Represa com a bike nessa configuração,não reclamou de cansaço,super animada,etc....Foi um rolê bem "passeio" mesmo,com duas pessoas de alto-astral...

E pra finalizar,como vcs podem ver,alguns dos "habitantes locais" com olhares curiosos para as bikes.....hhhhhh

Abs.

*** Um abraço pra Maurício (cliente fiel e constante do blog) e pra galera brother da Pedalac que estava no Bar das Meninas,mas que infelizmente esqueci de tirar uma foto pra colocar no blog...Se alguem tirou e quiser mandar,a gente coloca aqui.....

9 de jan de 2009

CAÇAPAVA VIA ESTRADA DO LUSO / EUGÊNIO DE MELO - 08/01/09 - 60KM

O primeiro pedal de 2009....Muita gente,todo mundo animado,temperatura boa,etc....Como o rolê não era muito puxado,td mundo foi bem....Trajeto praticamente plano,mas como é um pouco demorado,dá a impressão que cansa....um pouco só...rsrsrs
Se todos os rolês de 2009 forem parecidos com esse no "quesitos" diversão,galera animada,lugares legais,etc,o ano promete....

Casal apreensivo pra começar o rolê.....


Sem comentários pra foto desse japonês....rsrsrsrs.....quase caiu na volta e ia me derrubar junto ainda....
Gilberto vendo os caras que ele deixou pra trás.....

Isso não é chuva....é terra e areia mesmo....

Abs.